quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Homem-Aranha 4, a grande questão...




















Recentemente, Sam Raimi, diretor dos primeiros três filme do Aranha, divulgou que um de seus vilões favoritos para o próximo filme seria Morbius, o vampiro vivo. Para quem não conhece a história, Morbius era um cientista ganhador do prêmio nobel que, para tentar se curar de uma doença rara, fez um soro com extratos de morcego. O soro deu certo, mas acabou lhe transformando num verdadeiro vampiro. Em sua primeira aparição, Morbius enfrentou o Aranha num momento em que ele tentava se livrar de seus poderes e acabou ganho quatro braços extras. Para completar, Curt Connors voltava a ceder seu lado negro e um atrapalhado aracnídeo tinha de lidar com o problema de seus novos braços e ainda por cima enfrentar os dois vilões.














Ah, bons tempos de boas histórias. Penso que seria legal ter um filme adaptando essa história, mas se querem saber minha opinião, a nova trilogia deveria ser focada no Sexteto Sinistro, tal como a primeira foi focada no Duende Verde. "Mas como assim... 6 vilões num mesmo filme? Você bebeu?". Calma, pequeno gafanhoto, que eu explico.

Dois dos vilões clássicos do Sexteto ainda não foram explorados: Electro e Mysterio. Poderiam ser utilizados em Homem-Aranha 4, numa trama que incriminasse o herói de algum roubo ou algo similar. Premissa clássica nas HQs, mas que não foi de todo utilizada no cinema. Este filme giraria em torno disso e o herói teria a polícia na sua cola durante o filme todo.

No 5, outra premissa clássica: Guerra de Gangues. De um lado, poderíamos ter a Gangue do Cabeça de Martelo, utilizando o Abutre como principal mercenário, e do outro, a Gangue do Rosa ou qualquer outro que utilizasse um misterioso Duende Macabro como aliado. No meio, claro, o Aranha tentando impedir que os bandidos se matassem e tentando salvar os inocentes. Tal como na HQ, a identidade do Duende ficaria incerta até o final do filme. Poderia-se criar um mistério acerca de Ned Leeds, Flash Thompson, Roderick Kingsley e até mesmo cogitar que seria um dos Osborn, revivido.

Por fim, o sexto filme traria de volta os vilões dos filmes anteriores. Octopus teria sobrevivido, com amnésia, e reuniria Electro, Mysterio, Abutre, Duende Macabro e o Homem-Areia, regenerado, seria forçado a colabroar. Premissa básica da história que saiu por aqui em "Homem-Aranha Anual # 3", lembram-se?















Seria demais ver um filme assim na telona, hein? Bom, a gente pode sonhar, pelo menos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br