terça-feira, 4 de agosto de 2009

Efeito Borboleta 3


Vou te dizer... não esperava lá grandes coisas desse filme, principalmente depois da bosta que foi o segundo. Nem iria assistir se eu tivesse mais o que fazer numa segunda-feira à tarde, mas não é que é legalzinho?
Dessa vez o protagonista, Sam, tem total controle sobre a viagem no tempo, limitando-se a apenas observar os fatos para ajudar a polícia a solucionar casos insolúveis. Mas, quando o homem que foi condenado por matar sua primeira namorada está prestes a ser executado, uma consciência pesada obrigada-o a voltar no tempo mais uma vez, e é aí que as coisas começam a piorar.
Antes era apenas uma garota, mas quando ele volta, acaba sendo ela e sua irmã. Depois, esse número passa para 8, 13... e percebendo que acabou criando um serial killer, Sam fica obcecado em descobrir quem ele é e evitar todas aquelas mortes.
Premissa interessante, apesar de acabar caindo no lugar comum e tornar-se altamente previsível. Não vou soltar spoilers dessa vez, mas basta dizer que o filme até que vale a pena, apesar de ainda ficar muito aquém do primeiro.

2 comentários:

  1. efeito borboleta um é uma lenda.
    pena que sua trilogia tenha ficado aquém do que merecia, em vista do que foi o primeiro.
    mas vou me esforçar e ver o terceiro. =)

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

 
BlogBlogs.Com.Br