terça-feira, 9 de março de 2010

Fringe: o que sabemos até agora


Enquanto uma das melhores séries de ficção científica está dando uma pausa lá nos EUA, pensei que talvez fosse interessante para refletirmos o que sabemos sobre a trama geral até o momento. Obviamente tem spoilers. Vamos por partes:

A Divisão Fringe do FBI:
Sabemos que há tempos ocorrem eventos que são chamados de "o padrão". Eventos bizarros que de alguma forma, estão relacionados a experimentos de 20 anos atrás conduzidos pelo Dr. Walter Bishop e pelo Dr. William Bell na Universidade de Harvard.
Depois do incidente ocorrido no vôo 627, o Agente Especial Broyles recrutou a Agente Olivia Dunham, que passou a contar com a ajuda do velho Dr. Bishop e de seu filho, Peter Bishop. Dunham trabalhava, até então, com o agente John Scott, que acabou traindo-a e revelando-se como um agente duplo. Antes de morrer, porém, Scott insinuou que Broyles não teria escolhido Olivia por acaso. Tese reforçada pela primeira coisa que Broyles disse ao encontrar Liv pela primeira vez: "Eu sei exatamente quem você é". Ele poderia estar falando do caso que Liv investigou sobre o tal Harris que foi preso por ela devido a abusos sexuais, mas também poderia estar falando dos experimentos que William Bell conduziu com ela e com outras crianças quando tinham 3 anos de idade, afim de prepará-las como soldados para uma catástrofe vindoura. Mas é fato que Broyles já conhecia Nina Sharp, a segunda-em-comando de Bell, de longa data. Talvez eles e outras pessoas tenham fundado a Divisão Fringe no passado não apenas para "varrer as coisas para debaixo do tapete", mas também para proteger a humanidade. Ou, numa outra hipótese, seus propósitos poderiam ser mais obscuros. O passado de Broyles e Nina permanece em mistério, mas aparentemente ambos já tiveram algum tipo de envolvimento amoroso.


Olivia Dunham:
Quanto tinha 3 anos de idade, foi submetida a experimentos com uma droga chamada Cortexiphan, que aumenta a percepção e expande a consciência humana. Ela deveria ser um dos soldados que nos protegeria da tal catástrofe que está por vir, mas suas habilidades permanecem latentes até então, sendo desenvolvidas muito lentamente ao longo dos episódios.


Walter Bishop e William Bell:
Parceiros no passado, conduziram vários experimentos juntos que deram origem ao que hoje se chama Ciência de Borda (Fringe Science). Bell tornou-se o homem mais rico do mundo e fundou a Massive Dynamics, enquanto que Bishop foi acusado de homicídio culposo devido a um incêndio em seu laboratório que culminou na morte de uma assistente. Declarado insanso, Bishop passou 17 anos no Hospital Psiquiátrico St. Claire e muito de sua memória foi perdida.
Bell, por outro lado, acredita que uma guerra com seres da outra dimensão está próxima. No passado ele redigiu um manuscrito, ZFT, que falava sobre essa guerra e sobre a necessidade de se preparar soldados para nos defender. Olivia era um destes soldados, e acabou conhecendo mais alguns. O paradeiro da maioria é desconhecido, mas sabe-se que eles possuem habilidades extraordinárias.
A princípio, Bell foi tido como o vilão da trama. Entretanto, Walter nunca acreditou nisso e aparentemente, ele está do lado de Olivia e da Divisão Fringe.


Peter Bishop:
Muito do passado de Peter foi sendo revelado aos poucos e nas entrelinhas. Hoje sabemos que, quando criança, Peter adoeceu e acabou falecendo. Muito do que Walter fez em suas experiências foi por causa do filho. Ele criou a máquina de teleporte para tentar voltar no tempo e resgatar um homem que poderia salvar seu filho. Aparentemente, ele acabou morrendo antes que Walter tivesse esta chance. Porém, o cientista conseguiu criar uma porta para a outra dimensão, foi até lá e "roubou" o Peter Bishop de lá. Peter não sabe, e Olivia descobriu isso apenas no último episódio visto até o momento (S02E15). Mas é por isso que Peter não se lembra de muitas coisas de que seu pai fala de sua infância.
Devido ao perigo representado pela abertura de um portal deste tipo, o Dr. Bell removeu partes do cérebro de Walter que continuam a informação necessária para que tal coisa fosse feita, e a escondeu nos cérebros de 3 pacientes. Só recentemente essa informação fora recuperada.
Ainda, no segundo episódio da primeira temporada, Walter fala algo sobre a condição médica de Peter, sem dar mais detalhes sobre isso. Mas até agora, não se voltou mais nesse assunto. Ou é algo novo que ainda aflingirá Peter, ou o bom e lunático doutor estava se referindo à doença da infância.


Charlie Francis:
Melhor amigo de Olivia no FBI, acabou sendo morto e substituído por um transmorfo. Aparentemente ocorreu um erro de cronologia no episódio 11 da segunda temporada, onde ele aparece vivo e sem qualquer explicação.


John Scott:
Ao que parece, Scott não era um traidor, mas um agente que trabalhava numa operação ultra-secreta para tentar pegar um perigoso bioterrorista chamado Conrad. No entanto, algumas coisas nesta história não se encaixam muito bem e, no meu entender, tem mais coisa aí do que foi revelado até agora.
E se Conrad tinha alguma relação com Jones ou outros eventos relacionados ao padrão, também não está claro.


Os Observadores:
A princípio, acreditava-se que só havia um Observador, mas recentemente descobriu-se que há outros. Seus propósitos ainda são obscuros, mas sabemos que eles raramente interferem no curso natural dos acontecimentos. Um deles salvou Peter e Walter na infância, aparentemente por eles apresentarem suma importância nos eventos vindouros. Também sabe-se que Walter fez um acordo com este quando retirou Peter da outra realidade, mas os termos do acordo ainda não estão claros.
Sabe-se também que Walter ajudou um deles a proteger um misterioso cilindro de ser roubado por um bandido. O que era o ciclindro, quem era o bandido e o que queria, ainda não se sabe. Em outra ocasião, o que pareceu ser um "filhote" de um deles é encontrado no subterrâneo.
Há quem acredite que eles estão aqui para nos estudar e nos exterminar, mas esta teoria não parece condizer com o que eles fizeram até o momento. Em outra teoria, eles surgem apenas para observar a humanidade em momentos históricos importantes, e o número de aparições aumentou significativamente nos últimos tempos, reforçando a tese de que algo grandioso está para acontecer.
Uma curiosidade divertida é que eles aparecem em vários episódios, "escondidos" em algumas cenas. Eu já vi um deles em pelos menos uns 4 episódios diferentes da primeira temporada (fora aqueles diretamente relacionados com eles, obviamente) mas teorizo que eles devem aparecer em bem mais, se não em todos. Mas haja paciência pra ficar procurando...


David Robert Jones e a ZFT:
Jones foi o grande vilão da primeira temporada e era a mente que estava por trás de boa parte dos ataques terroristas que foram investigados pela Divisão Fringe. Aparentemente, Jones era um colaborador do Dr. Bell que renegou-se e corrompeu a ZFT original. Por algum motivo ainda não esclarecido, tentou tomar as rédeas da guerra e começou a recrutar soldados para a sua causa. Os soldados recrutados passam por 10 estes, dos quais, até agora, Olivia passou por apenas um.
Jones acabou morto no fim da primeira temporada e a sua célula terrorista foi aparentemente dissolvida, mas seus propósitos, e o porquê dele desejar ir para o outro lado caçar William Bell, permanecem em mistério.


Thomas Jerome Newton:
É o grande vilão da nova temporada. Se Jones era o líder dos soldados desse lado, Newton é o líder dos soldados do outro lado: seres tecnorgânicos e transmorfos, que precisam ser detidos de alguma forma. William Bell levou Olivia para o outro lado apenas para avisá-la sobre Newton, que por algum motivo ainda não esclarecido, quer abrir o portal para o outro lado, com consequências catastróficas. Liv falhou em impedir que eles encontrassem seu líder e o trouxessem de volta à vida, mas o confronto final ainda está por vir.


O Outro Lado:
Aparentemente, a outra realidade é muito mais obscura que a nossa. Por um lado, os terroristas falharam em destruir as torres gêmeas do WTC em 11/set. Mas por outro, destruíram a Casa Branca e o Pentágono. Também parece haver uma série de atentados do lado de lá, alguns até mesmo biológicos. No penúltimo episódio da primeira temporada, o Agente Charlie Francis do outro lado comenta algo sobre haver uma zona de quarentena na cidade.
Em um dos episódios da nova temporada, Newton fala de um bosque que está morto, possível consequência de uma praga ou algo assim. E no começo do último episódio visto, alguns personagens comentam algo sobre a escassez de café, dando a entender que algo terrível aconteceu e matou não apenas pessoas, mas também plantas e outras formas de vida. Talvez os propósitos de Newton estejam relacionados a estes fatos, talvez não.


A maior parte dos episódios de Fringe levanta mais perguntas do que respostas e às vezes é complicado pegar tudo nas entrelinhas. As tramas acabam se tornando tão emaranhadas que às vezes é difícil de dizer se há perguntas que ainda serão respondidas, ou se não ocorreram falhas no roteiro.
De qualquer forma, o suspense é instigante e os próximos episódios prometem bastante.

3 comentários:

  1. Dois pontos a serem comentados:

    1. Já foi confirmado que um observador aparece em todo episódio. Lógico que eu não vi todos, nem fico procurando. Mas há sites que mostram as cenas onde eles aparecem.

    2. Antes de estrear a 2ª temporada, o pessoal da FOX já havia divulgado que, em determinado momento, eles lançariam um episódio da 1ª temporada que, por motivos desconhecidos, não havia sido transmitido na ocasião.
    Eles transmitiram o 2x11 somente à nível de vermos algo que havia sido gravado, editado, etc... Já que não acontece nada relevante à série.

    ResponderExcluir
  2. "Um deles salvou Peter e Walter na infância"
    Na infância do Walter Peter não era nascido!

    Fora alguns erros de português, falta de informação e atenção, o blog está lível!

    ResponderExcluir
  3. Nunca assisti Fringe, pois não tenho internet nem tv a cabo...
    Mas fiquei curioso com a temática de viagem no tempo e realidades alternativas.
    Alguns dizem que é muito bom e outros dizem que é uma porcaria, ou seja, é ver para crer.
    Já esse negócio de ficar procurando personagens a la "Onde Está Wally?", nem pensar.
    Abraços.

    ResponderExcluir

 
BlogBlogs.Com.Br